QUEM SOU EU

Minha foto
Sou apenas "O PREGADOR". Neste blog resolvi postar alguns esboços, estudos e mensagens. Para mim, ser um pregador do evangelho é uma missão e nunca uma profissão. Sinta-se a vontade ao ler este blog, pois o Maná Diário do Pregador não pertence a nenhuma religião católica, protestante, evangélica, espírita, ou outra. Seja muito bem-vindo!

terça-feira, 8 de maio de 2012

OS ESCÂNDALOS



"E DISSE aos discípulos:
É impossível que não venham escândalos,
mas ai daquele por quem vierem!".
(Lucas 17:01).

- Estas palavras de Jesus foram dirigidas aos líderes religiosos.

- Estes líderes ensinavam seus discípulos a serem hipócritas como eles:



“Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas!
Pois que percorreis o mar
e a terra para fazer um prosélito;
e, depois de o terdes feito,
o fazeis filho do inferno duas vezes mais do que vós.”.
(Mateus 23:15).

- Os fariseus perpetuavam um sistema maligno de ensino.

- E uma pessoa que ensina outras tem uma grande responsabilidade (não seja irresponsável):



“MEUS irmãos,
muitos de vós não sejam mestres,
sabendo que receberemos mais duro juízo.”.
(Tiago 03:01).

- Como o médico, o professor deve ter em mente este antigo juramento: "Em primeiro lugar não causarei dano algum!".

- No entanto, Jesus deixa bem claro que “é impossível que não venham escândalos!”:



"E DISSE aos discípulos:
É impossível que não venham escândalos,
mas ai daquele por quem vierem!".
(Lucas 17:01).

- Quando Jesus afirma ser impossível que não “VENHAM” os escândalos, Ele não estava falando somente daquele presente momento.

- Ele estava afirmando que no futuro (dias atuais), também aconteceriam escândalos por parte das lideranças religiosas.

- E Ele Diz: “AI DAQUELE POR QUEM VIER O ESCÂNDALO!”.

- E disse mais:



“Melhor lhe fora que lhe pusessem
ao pescoço uma mó de atafona,
e fosse lançado ao mar,
do que fazer tropeçar um destes pequenos.”.
(Lucas 17:02).

- Esta bem claro que estas palavras foram dirigidas às lideranças religiosas.

- Ele diz: “Melhor que sejam jogados ao mar aqueles que fazem tropeçar um destes pequeninos!”.

- E a pergunta que devemos fazer é: “QUEM SÃO ESTES QUE FAZEM TROPEÇAR OS PEQUENINOS?”.

- E a respostas é: “OS FALSOS MESTRES!”.



- Sim, os falsos mestres que não ensinam o verdadeiro evangelho são os que induzem os pequeninos ao erro.

- Os falsos mestres além de usar o Evangelho para explorar a fé das pessoas, ainda usam exatamente este versículo para tentar encobrir suas pilantragens.

- Eles distorcem a Palavra de Deus ensinando aos pequeninos que “AI DAQUELES QUE DENUNCIAM OS ESCÂNDALOS DAS LIDERANÇAS!”.

- O sistema maligno criado por eles faz com que sejam intocáveis.

- Fazem todo tipo de pilantragem em nome Deus e se um dos pequeninos (membro de suas igrejas) ousarem denunciar seus abusos é intimidado pela errada interpretação deste versículo.

- Jesus não disse: “AI DAQUELE QUE DENUNCIAR O ESCÂNDALO.”.



- Amado (a), Jesus deixou bem claro: “AI DAQUELE QUE VIER O ESCÂNDALO!”.

- Existem aqueles que fazem escândalos e aqueles que denunciam os escândalos.

- E Cristo Jesus deixou bem claro que a punição seria para aqueles que cometem escândalos e não aqueles que denunciam.

- Mas os falsos mestres mal intencionados ensinam o povo que Deus punirá aqueles que denunciam os escândalos de seus líderes religiosos.

- Eles escandalizam, exploram financeiramente o povo e ainda querem que Deus puna aqueles que denunciam suas falcatruas.



- São tão hipócritas que ensinam o povo a não roubar, no entanto roubam do povo, e ainda acreditam que Deus acobertará suas safadezas.

- E povo ameaçado pela má interpretação da Escritura, nem se quer pode comentar a pilantragem de seus líderes, pois lhes é ensinado que “AI DAQUELE QUE DENUNCIA SEUS LÍDERES RELIGIOSOS!”.

- Criaram um sistema religioso tão maligno, que ninguém pode ousar questionar suas atitudes, pois são uma espécie de semi-deuses.

- Já ouvi alguns destes líderes dizerem:



“Faça a sua parte, dê seu dízimo
se o pastor fizer mau uso,
Deus o julgará...

Não importa o que o “pastor”
faz com o dinheiro do dízimo e das ofertas...

Continuem contribuindo financeiramente
para obra de Deus sem questionar aonde vai o dinheiro...

Se o “pastor” fizer coisa errada
irá acerta-se com Deus...

Se alguém souber alguma coisa errada
do seu “pastor” deve ficar quieto,
pois “ai daquele que denunciar a safadeza
do “pastor” da igreja...”.

- E o povo diz AMÉM!



- O membro da “igreja” é intimidado a não denunciar o padre pedófilo que abusa de criançinhas.



- O membro da "igreja" é intimidado a não denunciar o pastor ladrão que usa o dinheiro do dízimo e das ofertas para seu benefício próprio.

- Todos são intimidados, porque seus líderes são 'homens santos".

- E quem denunciar um "homem santo" será punido por Deus (dizem eles).

- Mas Jesus deixou bem claro que será punido aquele que comete escândalo, e não aquele que denuncia.



"E DISSE aos discípulos:
É impossível que não venham escândalos,
mas ai daquele por quem vierem!".
(Lucas 17:01).

- E para aqueles que ensinam o povo que o denunciador será punido por Deus, eu gostaria de lembrá-los que Jesus denunciava as lideranças religiosas.


JESUS DENUNCIA AS LIDERANÇAS RELIGIOSAS:



“Ai de vós, condutores cegos!
Pois que dizeis:
Qualquer que jurar pelo templo,
isso nada é;
mas o que jurar pelo ouro do templo,
esse é devedor.”.
(Mateus 23:16).

- Paulo nos orienta a sermos “imitadores de Cristo como filhos amado!”:



"SEDE, pois,
imitadores de Deus,
como filhos amados;".
(Efésios 05:01).

- Amado (a), se nós devemos imitar a Cristo, então devemos por a boca no trombone como Cristo Jesus fez e denunciar as falcatruas destes servos do dinheiro e de todo tipo de pecado.

- Jesus denunciou:



“Ai de vós, condutores cegos!
Pois que dizeis:
Qualquer que jurar pelo templo,
isso nada é;
mas o que jurar pelo ouro do templo,
esse é devedor.”.
(Mateus 23:16).

- Eu poderia citar dezenas de versículos bíblicos aqui onde o Salvador denunciou a corrupção dos líderes religiosos.

- E se Paulo afirma que devemos ser imitadores de Cristo, então também devemos denunciar os escândalos dos líderes de nossa época.

- Não devemos nos acovardar e encobrir as safadezas destes falsos mestres.

- Devemos ter a mesma coragem que teve nosso Salvador Jesus e denunciar os escândalos.

- Lembre-se de que um mau líder pode levar consigo muitos ao abismo da morte:



"Deixai-os;
são condutores cegos.

Ora, se um cego guiar outro cego,
ambos cairão na cova.".
(Mateus 15:14).

- Veja amado (a) o quanto de almas estão caindo no abismo juntamente com seus líderes.

- Nós temos a obrigação de abrir os olhos dos cegos!

- Verdade é que seremos expulsos destas “igrejas” se denunciarmos os abusos de tais líderes, no entanto Jesus também foi:



“E todos, na sinagoga,
ouvindo estas coisas, se encheram de ira.
E, levantando-se, o expulsaram da cidade,
e o levaram até ao cume do monte
em que a cidade deles estava edificada,
para dali o precipitarem.”.
(Lucas 04:28-29).

- A verdade é que a Verdade tem sido expulsa das sinagogas desde há muito tempo!

- Experimente você amado (a) pregador (a) pregar contra este governo satânico onde o homem é colocado acima do Criador pra você ver o resultado.

- Jesus não veio trazer o tipo de paz que ignora as profundas diferenças em favor de uma harmonia superficial.

- Ele pregou a igualdade entre os homens.

- Ele pregou contra o sistema religioso que elege para si homens como mediadores entre eles e o Criador.

- Cristo Jesus é o nosso Mediador:



"Porque há um só Deus,
e um só Mediador entre Deus e os homens,
Jesus Cristo homem.".
(2º Timóteo 02:05).

- Não é pela vontade de Cristo que em cada esquina existe um "mediador" entre os homens e Deus.

- Não é pela vontade de Cristo que os falsos mestres guiam o povo para o abismo.



- Na ânsia de poder, eles mesmos se elegem mestres.

- E esquecem que o verdadeiro mestre é servo de todos:



"Ora, se eu, Senhor e Mestre,
vos lavei os pés,
vós deveis também lavar
os pés uns aos outros.".
(João 13:14).

- O verdadeiro mestre serve a seus irmãos, mas o que vimos são “mestres” sendo servidos pelos irmãos.

- Esta é a perfeita pratica da injustiça.

- Mas Cristo Jesus é justo e não compactua com a injustiça:



“... Porque,
que sociedade tem a justiça com a injustiça?
E que comunhão tem a luz com as trevas?”.
(2º Coríntios 06:14).

- Enquanto crianças morrem de fome, líderes religiosos se fartam dos dízimos que arrecadam de um povo que acredita estar fazendo a justiça de Deus.

- Isto não é justiça amado (a), isto é imitação do governo mundano, cujo o senhor é Satanás.

- Antes de escolhermos seguir a Cristo, devemos ter em mente que o maior ensino que podemos passar para os novos convertidos é nosso exemplo.



- Não podemos pregar a humildade e tratar nosso semelhante como se fossem inferiores a nós.

- É muito bonito abraçar um mendigo dentro do templo religioso para que os outros vejam, mas muito mais valor tem aquele que vai lá embaixo da ponte servir aos mendigos.

- Pregar o amor não basta, é preciso viver o amor!

- Se você vai embaixo da ponte fazer a barba de um mendigo, lavar e fazer curativos no morador de rua, não precisa chamar a televisão pra ver sua boa ação.



- Deus julga é a intenção do teu coração!

- Por isto amado (a), não devemos ser como hipócritas que reivindicam ser cheios do Espírito Santo, mas que, no entanto são cheios de vaidade.

- Não devemos imitar a hipocrisia dos líderes religiosos; devemos imitar a Cristo Jesus!

- Os líderes deveriam ajudar os jovens, ou os novos crentes, a evitar qualquer coisa ou pessoa que possa fazê-los tropeçar na fé e levá-los ao pecado.

- Mas o que vemos é um desfile de escândalos proporcionados pelos próprios líderes.



- Vemos um líder ser preso no aeroporto com dólar escondido dentro da Bíblia...

- Vemos outro envolvido com tráfico de drogas...

- Outro pego em uma blitz policial com o porta-malas do carro cheio de armas (fuzil, metralhadora, granada...)...

- Outro envolvido sexualmente com a secretária de sua “igreja”...

- E se você ousar questionar a “autoridade” de tais “líderes” será chamado de crente rebelde; dirão que você está possuído pelo demônio...



- Estes "mestres" gostam de apontar os pecados das ovelhas; adoram bater nas ovelhas...

- Mas ai de você se ousar apontar o pecado deles!

- Dizem: "Eu sou ungido do SENHOR, e ai daquele que tocar num ungido do SENHOR!":



"Não toqueis os meus ungidos,
e não maltrateis os meus profetas.".
(Salmos 105:15).

- Mais uma vez interpretam erradamente a Escritura usando um versículo isolado para ameaçar seus críticos.

- Deus realmente protege os SEUS UNGIDOS amado (a), no entanto, não devemos presumir que todas as pessoas que se dizem ungidas de fato o sejam.

- Jesus deixou bem claro que os escândalos existiriam, e que também eram necessários que existissem.

- Veja o que Paulo diz sobre o assunto:



“E até importa que haja entre vós heresias,
para que os que são sinceros se manifestem entre vós.”.
(1º Coríntios 11:19).

- Paulo inspirado pelo Espírito Santo, escreve que é importante que existam os escândalos.

- Importante para que se “MANIFESTEM OS SINCEROS!”.

- Em outras palavras, Paulo escreve que é importante que existam os escândalos para que os sinceros se manifestem, denunciem as heresias praticadas pelos falsos mestres.

- Aqueles que praticam escândalos só servem para destacar aqueles que procuram servir a Cristo com sinceridade de coração.



- Mas se aqueles que servem a Cristo com sinceridade se calarem diante dos escândalos, então não são sinceros, são no mínimo omissos pra não chamá-los de cúmplices.

- Nós temos o dever de pelo menos tentar abrir os olhos de nossos irmãos quanto aos escândalos destes falsos mestres.

- Não podemos tentar tapar o Sol com a peneira amado (a), ou seja, não devemos inutilmente tentar encobrir os escândalos proporcionados pelos líderes religiosos.

- Nossa missão é pregar o Evangelho, e pregar o Evangelho também envolve denunciar as heresias.

- Não somos melhores do que ninguém, nem melhores do que estes líderes religiosos, e isto é uma verdade, no entanto, não podemos ver estes escândalos como se fosse uma pratica comum dos crentes em Cristo Jesus.

- A Igreja de Cristo Jesus deve ser reconhecida pelo bom caráter de seus membros, não pelos escândalos amado (a).



- A igreja de Cristo Jesus não pode ser confundida com esconderijo de ladrões, quadrilha de salteadores.

- A igreja de Cristo Jesus é formada por homens de pecado, mas que se arrependeram de seus pecados e procuram viver uma vida santa e digna diante de Deus e dos homens.

- A verdadeira Igreja de Cristo Jesus não vive de hipocrisia, mas pela fé genuína no Salvador Cristo Jesus.

- Enquanto estes pilantras envergonham o Evangelho, nós devemos honrar a Palavra de Deus, mesmo que com lágrimas e dor.

- Servir a Cristo Jesus como convém não é sinônimo de vida fácil, muito pelo contrário, servir a Cristo é ser inimigo do mundo (sistema):



"Adúlteros e adúlteras,
não sabeis vós que a amizade do mundo
é inimizade contra Deus?

Portanto,
qualquer que quiser ser amigo do mundo
constitui-se inimigo de Deus.".
(Tiago 04:04).

- Qualquer um que for amigo daqueles que adulteram a Palavra de Deus em benefício próprio, é amigo do mundo (sistema) e inimigo de Deus.

- Faça sua escolha.

- “Ai daqueles por quem vierem os escândalos!”. Amém.


"A ÚNICA VERDADE QUE LIBERTA É A DE DEUS
AS OUTRAS APENAS MACHUCAM".

*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário