QUEM SOU EU

Minha foto
Sou apenas "O PREGADOR". Neste blog resolvi postar alguns esboços, estudos e mensagens. Para mim, ser um pregador do evangelho é uma missão e nunca uma profissão. Sinta-se a vontade ao ler este blog, pois o Maná Diário do Pregador não pertence a nenhuma religião católica, protestante, evangélica, espírita, ou outra. Seja muito bem-vindo!

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

JESUS CURA UM PARALÍTICO





“E, ENTRANDO no barco, passou para o outro lado, e chegou à sua cidade.
 E eis que lhe trouxeram um paralítico,
deitado numa cama.
E Jesus, vendo a fé deles, disse ao paralítico:
Filho, tem bom ânimo, perdoados te são os teus pecados.
E eis que alguns dos escribas diziam entre si: Ele blasfema.
Mas Jesus, conhecendo os seus pensamentos, disse:
Por que pensais mal em vossos corações?
Pois, qual é mais fácil? Dizer: Perdoados te são os teus pecados;
ou dizer: Levanta-te e anda?
Ora, para que saibais que o Filho do homem tem na terra autoridade para perdoar pecados (disse então ao paralítico):
Levanta-te, toma a tua cama, e vai para tua casa.
E, levantando-se, foi para sua casa.
E a multidão, vendo isto, maravilhou-se,
 e glorificou a Deus, que dera tal poder aos homens.”.
(Mateus 09:01,08).


A CIDADE DE JESUS: Cafarnaum.




"Ouvindo, porém Jesus, que João fora preso,
 retirou-se para Galiléia e deixando Nazaré foi morar em Cafarnaum.
Situada a beira mar nos confins de Zebulom e Naftali;
Para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta Isaias, que diz:
 A terra de Zebulom e a terra de Naftali,
junto ao caminho do mar, além do Jordão,
A Galiléia das nações; O povo, que jazia em trevas, viu uma grande luz;
 E, aos que jaziam na região e sombra da morte, a luz raiou.
Desde então começou Jesus a pregar e a dizer:
Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus.".
(Mateus 04:12,17).

- Jesus mudou de Nazaré para Cafarnaum, que ficava aproximadamente 32 quilômetros ao norte. Cafarnaum se tornou a base de seu ministério na Galiléia.

JESUS PROVAVELMENTE SE MUDOU:

(1) Para afastar-se da intensa oposição que havia em Nazaré;




(2) Para causar um impacto sobre um número maior de pessoas (Cafarnaum era uma cidade onde havia muitas atividades – as Boas Novas poderiam alcançar mais pessoas e divulgar-se mais depressa);



(3) Para utilizar recursos e apoio extras em seu ministério;




- Assim como Jesus estrategicamente escolheu Cafarnaum como base de seu ministério, nós também devemos estar atentos às possibilidades de alcançarmos mais e mais pessoas com a pregação das Boas Novas.

- Seja no púlpito de uma igreja, num caixote no meio de um parque, ou até mesmo pelo seu blog via internet: EVANGELIZE!




- Escolha a sua “Cafarnaum” como base para levar as Boas Novas, e alcance o maior número possível de almas para Cristo.

O PARALÍTICO DE CAFARNAUM:




“E, ENTRANDO no barco, passou para o outro lado, e chegou à sua cidade. E eis que lhe trouxeram um paralítico, deitado numa cama.”. (Mateus 09:01).

- Na cidade de Cafarnaum, cidade escolhida por Jesus como base do seu ministério, vivia um homem paralítico deitado em uma cama.




OBS: A base que você escolher para evangelizar, seja onde for; você também encontrará pessoas paralíticas; pessoas que tiveram seus casamentos paralisados, empresas paralisadas, sonhos paralisados, mas que enfim, através da sua pregação das Boas Novas voltarão a “andar”.

- Jesus, inicialmente, escolheu Cafarnaum para ganhar almas e teve êxito em seu propósito; você também pode escolher criar um blog e pregar as Boas Novas, ou falar de Jesus na escola onde estuda, pregar para os colegas de trabalho onde trabalha, seja onde e como for, EVANGELIZE! “CONJURO-TE, pois, diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, na sua vinda e no seu reino, que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina.”. (2º Timóteo 04:01,02).

A SITUAÇÃO DO PARALÍTICO:




“... E eis que lhe trouxeram um paralítico, deitado numa cama.”. (Mateus 09:01).

- Tanto o corpo quanto o espírito do homem estavam paralisados.

- Sem os movimentos das pernas, muitas outras coisas na vida daquele homem também haviam sido paralisadas, pois a Bíblia diz que ele estava DEITADO numa cama.

- Aquele homem estava DEITADO numa cama, ou seja, já havia desistido da vida, sua esperança, seus sonhos, seus planos, alvos e objetivos na vida,  todos tinham sido paralisados também.




OBS: Muitas são as pessoas, que devido o fim de um relacionamento amoroso desistem da vida, devido uma demissão de um emprego se atiram numa cama chamada vício...

- Aquele paralítico de Cafarnaum estava numa cama completamente dependente da ajuda das outras pessoas, e isto lhe paralisou também a sua auto-estima.

- Jesus pode devolver a sua auto-estima assim como devolveu àquele paralítico.

A FÉ QUE FAZ O PARALÍTICO ANDAR:




“E Jesus, vendo a fé deles, disse ao paralítico: Filho, tem bom ânimo, perdoados te são os teus pecados.”. (Mateus 09:02).

- Mesmo uma pessoa “deitada” na vida, quando ouve as Boas Novas, adquire fé suficiente para recomeçar a andar, recomeçar o casamento, recomeçar os sonhos, recomeçar na sua vida profissional etc.

- A fé faz o homem sonhar, a fé faz o paralítico andar, a fé faz o cego ver, o surdo ouvir, o mudo falar, enfim, a fé remove montanhas e te faz vencer o gigante.




- Quando Jesus viu a fé daqueles que lhe trouxeram o paralítico lhes disse: “Filho, tem bom ânimo; perdoados são os teus pecados.”.

- Aquele homem não podia andar, mas a primeira preocupação de Jesus foi com o estado espiritual daquele paralítico que não o conhecia como Salvador e Senhor.

- Jesus perdoa seus pecados, e este foi o primeiro passo que o paralítico deu na sua nova vida.

O PRIMEIRO PASSO DE UM PARALÍTICO:




“... perdoados te são os teus pecados.”. (Mateus 09:02).

- O primeiro passo de uma pessoa que está perdida na vida, deitada no fracasso, é ter a certeza de que foi perdoada dos seus pecados e erros.

- Quando evangelizamos uma pessoa, precisamos ter o cuidado de antes de fazer qualquer outra coisa, levar para esta pessoa o conhecimento que em Jesus Cristo ela foi perdoada de todos os seus pecados.




- O pecado é um peso enorme, um fardo que somente Jesus pode carregar, pois Ele é o Cordeiro de Deus.

- Não podemos querer evangelizar com técnicas humanas, devemos ir direto ao assunto: “JESUS PERDOOU OS TEUS PECADOS!”.




- Diga para o pior pecador que você conhece: “JESUS PERDOOU OS TEUS PECADOS!”.

- Esta é a Boa Nova, Deus perdoou nossos pecados em seu Filho Jesus Cristo.

ACONTEÇE UM ALVOROÇO ENTRE OS ESCRIBAS:




“E eis que alguns dos escribas diziam entre si: Ele blasfema.”. (Mateus 09:03).

- Assim como existirão pessoas que crerão no perdão de Deus através de Jesus com a nossa pregação, também existirão aqueles que não acreditarão.

- Quando Jesus diz ao paralítico que seus pecados lhe são perdoados, escribas acusam Jesus de estar blasfemando.

- Quando nós pregamos o perdão, também somos tachados de blasfemadores e outras coisas bem piores, mas Jesus disse: “Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa.
Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós.”. (Mateus 05:11,12).




- Ser perseguido e injuriado por pregar as Boas Novas, é um privilégio, e não uma punição; é um sinal de que realmente estamos realizando a obra de Deus de acordo com os padrões estabelecidos por Ele.

JESUS EXERCE A SUA AUTORIDADE:




“Mas Jesus, conhecendo os seus pensamentos, disse: Por que pensais mal em vossos corações?
Pois, qual é mais fácil? Dizer: Perdoados te são os teus pecados; ou dizer: Levanta-te e anda?
Ora, para que saibais que o Filho do homem tem na terra autoridade para perdoar pecados (disse então ao paralítico): Levanta-te, toma a tua cama, e vai para tua casa.”. (Mateus 09:04,06).

- Jesus conhecendo os pensamentos: “O SENHOR conhece os pensamentos do homem, que são vaidade.”. (Salmos 94:11).




- O homem natural não é capaz de reconhecer Jesus como aquele que perdoa seus pecados, mas o homem espiritual reconhece o perdão em Jesus Cristo de seus pecados, desde que a nossa pregação seja inspirada pelo Espírito Santo.

- Assim como Jesus agia somente pelo Espírito Santo, exercendo sua autoridade no mundo sobrenatural e conseqüentemente no natural, nós também devemos nos colocar a disposição do Espírito Santo para exercermos a mesma autoridade. “Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas, porque eu vou para meu Pai. E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei.”. (João 14:12,15).




- Jesus nos autorizou para sermos ministros das Boas Novas, e aquele que crer em Jesus, realizará as mesmas obras que Ele realizou e ainda maiores obras, também realizarão.

- Nós temos a autoridade de mandar o paralítico, tomar o seu leito e andar em direção a vida eterna em nome de Jesus.




- Depois de pregarmos o perdão de Deus através de Jesus, nós devemos através do ensino da Palavra de Deus, direcionar os caídos ao caminho das reconquistas de seus sonhos, projetos e planos para uma vida plena em Cristo Jesus.

- Exerça a sua autoridade!

O PARALÍTICO ANDOU:




“E, levantando-se, foi para sua casa. E a multidão, vendo isto, maravilhou-se, e glorificou a Deus, que dera tal poder aos homens.”. (Mateus 09:07,08).


- Jesus exerce sua autoridade e o paralítico, levantando-se, foi para sua casa.

- Finalmente aquele homem consegue caminhar sozinho, consegue voltar para casa com um sorriso no rosto, coisa que há muito tempo não acontecia.

- Toda vez que nós exercemos nossa autoridade em Jesus Cristo, pessoas voltam para suas casas cheias de fé e retomam suas vidas que outrora estavam paralisadas.




- Seus colegas de aula e de trabalho precisam de uma pessoa com esta autoridade na vida delas, para que elas também sejam cheias desta fé que deve ser pregada por você.

- Pregue as Boas Novas e veja a multidão de pessoas que glorificaram a Deus através da sua pregação, do seu ministério.

- Diga aos paralíticos para levantarem-se e eles se levantarão em nome De Jesus Cristo.

- Diga ao viciado em drogas que seus pecados estão perdoados e que em nome de Jesus, ele deve se levantar e voltar para sua família e conquistar aquilo que é seu por direito.

CONCLUSÃO:




“Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também.”. (João 13:15).

- Um dia, nós também estávamos “deitados numa cama”, paralisados pelo pecado,  Jesus veio e nos trouxe o perdão de Deus nos devolvendo os passos desta vida.




- Ele nos deu exemplo, e pede que assim como Ele fez conosco, nós também devemos fazer com o nosso próximo.

- Talvez você diga: “Eu não sou Deus pra realizar estas obras na vida das outras pessoas".

- Não esqueça que a obra que Deus fez na sua vida, foi através de um homem assim como você é; alguém chegou até você e lhe encheu de fé através da pregação das Boas Novas.

- Vá e faze o mesmo!

"A ÚNICA VERDADE QUE LIBERTA É A DE DEUS
AS OUTRAS APENAS MACHUCAM"

*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário