QUEM SOU EU

Minha foto
Sou apenas "O PREGADOR". Neste blog resolvi postar alguns esboços, estudos e mensagens. Para mim, ser um pregador do evangelho é uma missão e nunca uma profissão. Sinta-se a vontade ao ler este blog, pois o Maná Diário do Pregador não pertence a nenhuma religião católica, protestante, evangélica, espírita, ou outra. Seja muito bem-vindo!

segunda-feira, 4 de abril de 2011

A FIGUEIRA SEM FRUTO






“E, no dia seguinte,
quando saíram de Betânia, teve fome.
E, vendo de longe uma figueira que tinha folhas,
foi ver se nela acharia alguma coisa;
e, chegando a ela, não achou senão folhas,
porque não era tempo de figos.
E Jesus, falando, disse à figueira:
Nunca mais coma alguém fruto de ti.
E os seus discípulos ouviram isto.”.
(Marcos 11:12,14).



INTRODUÇÃO:

- A figueira, fonte de alimento barato em Israel, desde o dia que é plantada exige um prazo de três anos até que possa produzir frutos.

- Cada árvore normalmente produz um grande número de frutos duas vezes ao ano, no final da primavera e no início do outono.

- Esse episódio ocorreu no início da primavera, quando as folhas começaram a brotar.



- Geralmente os figos crescem à medida que as folhas desenvolvem, mas essa árvore, embora estivesse coberta de folhas, não tinha nenhum fruto.

- Embora parecesse promissora não frutificara.

- Ao ver aquela figueira sem nenhum fruto Jesus disse a figueira que nunca mais ninguém comeria fruto algum dela.



- Assim aconteceu à figueira, secou e nunca mais deu um fruto sequer.

- Olhando friamente para este episódio, a atitude de Jesus em relação a figueira nos parece tão reprovável quanto anti-ecológica.

- Mas se continuarmos a leitura, entenderemos de que figueira o SENHOR estava falando.

- Apesar de realmente aquela figueira ter se secado, e nunca mais ter dado nenhum fruto pela “E eles, passando pela manhã, viram que a figueira se tinha secado desde as raízes.”. (Marcos 11:20), não era exatamente de uma árvore que o SENHOR estava falando.

- O SENHOR estava fazendo uma metáfora, estava dando um exemplo com algo natural para no revelar algo sobrenatural.



- Usou uma figueira para mostrar a improdutividade da nação de Israel, que tinha apenas uma aparência frutífera, mas espiritualmente era estéril.

- Mas para entendermos melhor esta passagem, precisamos ler os versículos posteriores a este episódio, onde Jesus entra no templo e expulsa os mercadores da Palavra de Deus.


JESUS EXPULSA OS MERCENÁRIOS DO TEMPLO:



“E vieram a Jerusalém; e Jesus, entrando no templo,
começou a expulsar os que vendiam
e compravam no templo;
e derrubou as mesas dos cambiadores
e as cadeiras dos que vendiam pombas.
E não consentia que alguém levasse
algum vaso pelo templo.
E os ensinava, dizendo: Não está escrito:
A minha casa será chamada,
por todas as nações, casa de oração?
Mas vós a tendes feito covil de ladrões.”.
(Marcos 11:15,17).

- Logo após Jesus ter amaldiçoado uma figueira que não produzia fruto algum, entra no templo, e ao entrar no templo vê homens bem vestidos, vendendo pombas para os sacrifícios que eram oferecidos em troca do perdão dos pecados de Israel.

- Jesus indignou-se com tamanha estrutura que havia sido criada no templo para enriquecer os sacerdotes e cambistas que vendiam o perdão de Deus para Israel.



- Jesus põe pra fora os cambistas, derrubou a mesa e as cadeiras dos vendedores de pombos e de uma forma bem mais impetuosa do que havia agido com a figueira anteriormente.


A VERDADEIRA FIGUEIRA SEM FRUTO:



“Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas,
que vêm até vós vestidos como ovelhas,
mas, interiormente, são lobos devoradores.
Por seus frutos os conhecereis.
Porventura colhem-se uvas dos espinheiros,
ou figos dos abrolhos?
Assim, toda a árvore boa produz bons frutos,
e toda a árvore má produz frutos maus.
Não pode a árvore boa dar maus frutos;
nem a árvore má dar frutos bons.
Toda a árvore que não dá bom fruto
corta-se e lança-se no fogo.
Portanto, pelos seus frutos os conhecereis.”.
(Mateus 07:15,20).

- Eis aí a figueira que não dá fruto: “A IGREJA DOS FALSOS PROFETAS”.

- Jesus expulsou do templo os exploradores da fé, os vendedores de bênçãos que reinavam sobre o povo de Israel.



- Mas eles não se deram por vencidos, descontentes com Jesus, eles ergueram outros templos para adorarem o seu deus, a saber, o dinheiro.

- Existem hoje espalhados pelo mundo, templos e mais templos semelhantes à figueira sem fruto.

- Cheio de folhas, porém sem nenhum fruto.



- Igrejas onde ainda hoje vendem o perdão e as bênçãos de Deus.

- Jesus expulsou do templo os vendedores de pombas, mas eu vejo que hoje eles ainda vendem nos templos por aí.

- Hoje não são pombas que são vendidas em troca do perdão.


(água benta, rosa ungida, fogueira santa...).


- Hoje são rosas ungidas, canetas ungidas, água ungida; amuletos da sorte que não diferem em nada as práticas demoníacas.

- A Bíblia não ensina ao povo de Deus a beber um copo de água que o falso “profeta abençoou”, também não ensina você a assinar um contrato milionário com a caneta que o “profeta abençoou”.

- Também não ensina que a unção com óleo cura as enfermidades, ela ensina que a oração da fé cura a enfermidade:

“Está alguém entre vós doente?
 Chame os presbíteros da igreja, e orem sobre ele,
ungindo-o com azeite em nome do Senhor;
e a ORAÇÃO DA FÉ SALVARÁ O DOENTE,
 e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados,
ser-lhe-ão perdoados.”,
 (Tiago 05:14,15).


- Estes falsos profetas têm aparência de homens de Deus, tais quais a figueira sem fruto, tem folhas, porém lhes faltam os frutos.

- As folhas da figueira quando batia o vento nelas faziam um barulho para chamar a atenção para ela, mas se você ia lá pra comer um figo, ela não tinha um sequer.

- Assim são os falsos profetas de hoje; fazem um barulho danado.



- Afirmam aos gritos que “seus ministérios” são portadores das verdadeiras bênçãos de Deus, mas vai lá ver; é só barulho e nada de fruto.

- O fruto do qual Jesus pregou para que déssemos a Ele, nunca foi encher igrejas de gente.


(o bom samaritano).


- O fruto do qual devemos produzir para Cristo é o AMOR!

- Quando Jesus disse seca-se, a figueira secou-se. Em outras palavras não produziria mais fruto algum.

- Talvez ainda pudesse fazer sombra à beira do caminho, mas fruto nunca mais.

- Assim existem hoje “ministérios” que só produzem sombras à beira do verdadeiro Caminho.

- Amados, nós não fomos chamados para ficar a beira do Caminho à sombra.

- Nós fomos chamados para andar no meio do caminho em direção ao Sol da Justiça que é Jesus.


JESUS, A VIDEIRA VERDADEIRA:



“EU sou a videira verdadeira,
e meu Pai é o lavrador.
Toda a vara em mim, que não dá fruto, a tira;
e limpa toda aquela que dá fruto,
para que dê mais fruto.
Vós já estais limpos, pela palavra que vos tenho falado.
Estai em mim, e eu em vós;
como a vara de si mesma não pode dar fruto,
se não estiver na videira, assim também vós,
se não estiverdes em mim.
Eu sou a videira, vós as varas;
quem está em mim, e eu nele,
esse dá muito fruto;
porque sem mim nada podeis fazer.”.
(João 15:01,05).

- Jesus, a verdadeira videira diz que nós somos limpos PELA PALAVRA!



- Observe que não é o óleo, nem o copo de água que nos limpa. O que nos limpa é a PALAVRA DE DEUS.

- Pode contratar a banda gospel mais famosa do planeta; aquela que ganhou o “Oscar Gospel”.

- Traga também aquele famoso conferencista para nos pregar o “evangelho”. Sim, tragam aquele que só sai com seguranças e só prega por dinheiro.

- Tragam eles e eu lhes direi: “Vão vender suas pombas no inferno!”.



- Vou até usar uma frase que alguns destes costumam usar: “QUEIMA ELE JESUS!

- A aparência de figueira frutífera não resolve o problema de quem sente fome.



- As flores podem até ser bonitas, mas uma alma faminta prefere comer pão!

- Música gospel, pregação gospel, oração gospel, figueira gospel!

- Verdadeiros shows onde são arrecadados milhões em dinheiro.

- Mas dar pão a quem tem fome como Jesus deu na multiplicação dos pães descrita nos evangelhos, ninguém quer dar.

- Amados, cuidado com estes falsos profetas.

- São homens tão perigosos que são capazes de matar: “E os escribas e príncipes dos sacerdotes, tendo ouvido isto, buscavam ocasião para o matar; pois eles o temiam, porque toda a multidão estava admirada acerca da sua doutrina.”. (Marcos 11:18).



- Depois de serem expulsos os cambistas do templo; os escribas e os sacerdotes planejavam a morte de Jesus.

- Experimente você falar alguma coisa contra a estrutura, pra ver se o falso profeta não declara um versículo ameaçador contra quem se levanta a sua “autoridade eclesiástica”.


CONCLUSÃO:




“E eles, passando pela manhã,
viram que a figueira se tinha
secado desde as raízes.
E Pedro, lembrando-se, disse-lhe:
Mestre, eis que a figueira,
que tu amaldiçoaste, se secou.
E Jesus, respondendo, disse-lhes:
Tende fé em Deus;
Porque em verdade vos digo que qualquer
que disser a este monte:
Ergue-te e lança-te no mar,
e não duvidar em seu coração,
mas crer que se fará aquilo que diz,
tudo o que disser lhe será feito.
Por isso vos digo que todas as coisas que pedirdes,
orando, crede receber, e tê-las-eis.
E, quando estiverdes orando, perdoai,
se tendes alguma coisa contra alguém,
para que vosso Pai, que está nos céus,
vos perdoe as vossas ofensas.
Mas, se vós não perdoardes,
também vosso Pai, que está nos céus,
vos não perdoará as vossas ofensas.”.
(Marcos 11:20,26).

- A figueira secou até as raízes! Glória a Deus!

- Pedro fica admirado, mas Jesus responde a Pedro dizendo: “QUALQUER UM QUE ORDENAR COM FÉ QUE O MONTE SE LANÇE NO MAR, O QUE DISSER SERÁ FEITO.”.

- Não é só o pregador que fica no altar que ordena aos montes se lançarem ao mar.



- É qualquer um que tiver fé em Cristo Jesus!

- Outro grande ensinamento nestes versículos finais: “PERDÕE SEU IRMÃO SE QUISER SER PERDOADO PELO PAI QUE ESTÁ NOS CÉUS.

- Ou seja, a caneta, a rosa, o óleo e o copo de água em cima da televisão nada podem fazer para que você receba o perdão.



- Perdoe e também será perdoado.

- Esta figueira da qual muitos estão sendo enganados, há mais de dois mil anos secou até as raízes, não presta pra mais nada.

- Ela ainda está em pé, porque implantaram um meio de regá-la com os dízimos ensinados por os falsos profetas.

- Mas isto é assunto para outra oportunidade.



- Creia em Cristo Jesus apenas, e Ele vos enviará o Maná diário que necessitais para vossa jornada, os figos são provenientes da terra, mas o Maná vem do céu.


"A ÚNICA VERDADE QUE LIBERTA É A DE DEUS
AS OUTRAS APENAS MACHUCAM"

*

2 comentários: