QUEM SOU EU

Minha foto
Sou apenas "O PREGADOR". Neste blog resolvi postar alguns esboços, estudos e mensagens. Para mim, ser um pregador do evangelho é uma missão e nunca uma profissão. Sinta-se a vontade ao ler este blog, pois o Maná Diário do Pregador não pertence a nenhuma religião católica, protestante, evangélica, espírita, ou outra. Seja muito bem-vindo!

quinta-feira, 19 de maio de 2011

CONFORTO PARA O ESPÍRITO, JESUS DORMIA NO BARCO



“E, entrando ele no barco,
seus discípulos o seguiram;
e eis que no mar se levantou uma tempestade,
tão grande que o barco era coberto pelas ondas;
ele, porém,
ESTAVA DORMINDO.
E os seus discípulos,
aproximando-se,
o despertaram, dizendo:
SENHOR, salva-nos! Que perecemos.
E ele disse-lhes:
Por que temeis, homens de pouca fé?
Então, levantando-se,
repreendeu os ventos e o mar,
e seguiu-se uma grande bonança.
E aqueles homens se maravilharam, dizendo:
Que homem é este,
que até os ventos e o mar lhe obedecem?”.
(Mateus 08:23-27).


INTRODUÇÃO:



- Este deve ter sido um barco de pesca, porque muitos dos discípulos de Jesus eram pescadores.

- Josefo, um antigo historiador judeu, relatou que normalmente havia mais de 300 barcos de pesca no mar da Galiléia.

- Esta embarcação era suficientemente grande para acomodar Jesus e seus 12 discípulos, devia ser movida por remos e velas.

- Durante as tempestades, por medidas de segurança, as velas eram baixadas, a fim de não serem rasgadas e para facilitar o controle da embarcação.

- O mar da Galiléia é um lugar incomum.


(Mar da Galiléia:
 visto do Monte das Bem Aventuranças).

- É relativamente pequeno (aproximadamente 21 km de comprimento por 11 km de largura), mas tem cerca de 50 metros de profundidade, e sua praia fica cerca de 225 metros abaixo do nível do mar.

- Sem quaisquer sinais prévios, súbitas tempestades se formam nas montanhas circundantes e agitam as águas, formando-se violentas ondas de até seis metros de altura.

- Os discípulos não decidiram, como tolos, navegar, desprezando a tempestade.

- Foram surpreendidos, ficando involuntariamente expostos a um grande perigo.

- Embora os discípulos tivessem testemunhado muitos milagres, apavoraram-se durante aquela tempestade.

- Como marinheiros experientes, sabiam do perigo que enfrentavam; o que não percebiam era que Cristo é capaz de controlar as forças da natureza.



- Freqüentemente, deparamo-nos com tempestades em nossa vida, ocasiões em que pensamos que Deus não pode ou não irá operar, porém, quando entendermos verdadeiramente quem Deus é, perceberemos que Ele controla tanto o mundo físico quanto o espiritual.

- O poder de Jesus que acalmou aquela tempestade também pode ajudar-nos a lidar com os problemas que pedirmos.

- Jesus está disposto a intervir se tão somente lhe pedirmos, Jamais devemos desprezar seu poder durante as terríveis tribulações.

- Mas hoje, não daremos ênfase ao fato de Jesus acalmar as tempestades da vida.

- Hoje o tópico do nosso estudo é: “Conforto para o espírito, Jesus dormia no Baco!”.


JESUS DORMIA NO BARCO:



“E eis que no mar se levantou uma tempestade,
tão grande que o barco era coberto pelas ondas;
ele, porém,
estava dormindo.”.
(Mateus 08:24).

- Depois de despedir-se dos demais que ficaram à margem do mar da Galiléia, Jesus entrou no barco juntamente de seus 12 discípulos.

- Ao entrar no barco, cansado fisicamente, Jesus procura um cantinho confortável para descansar e dormiu.

- Jesus era um ser humano assim como todos nós, e estava tão cansado fisicamente, que mesmo dentro de uma embarcação com mais doze pessoas fazendo barulho, Ele adormeceu.

- Ao dormir, por detrás das montanhas, uma tempestade começa vir em direção da sua embarcação que é atingida por ondas de cinco a seis metros de altura.



- Tudo isto acontecendo, e Jesus, dormia.

- O mundo inteiro se levantando contra aquela travessia, e Jesus confortavelmente dormia como uma criança.

- Você consegue imaginar-se dormindo como uma criança, mesmo sabendo que perdeu o emprego e os problemas virá sobre você como uma tempestade?

- Você consegue dormir como uma criança quando “os ventos” se levantam contra você com fúria de tempestade?



- Nossa travessia no mar da vida, muitas vezes é sacudida por ondas tão gigantescas que muita das vezes nos tira não apenas o sono, como a nossa própria vontade de viver.

- Isto ocorre porque colocamos nossa fé nas coisas deste mundo, no barco em que estamos atravessando o mar.

- Jesus dormia tranqüilamente, não porque confiava no barco em que estava dormindo, mas porque confiava no Pai Eterno.

- Se Jesus confiasse apenas na embarcação, como os demais discípulos confiavam, com certeza também se desesperaria, mas sua confiança no Pai era tão grande, que seu Espírito estava confortavelmente dentro Dele mesmo com tantos problemas.



- Nossa confiança em Deus deve ser igual à de Jesus.

- Nós não devemos confiar nossa fé nas coisas deste mundo.

- Não devemos achar que estamos seguro dentro do barco, porque o barco é forte.

- Não devemos crer que nossa vida será um mar de rosas, porque escolhemos uma profissão muito rentável, ou porque temos uma saúde de aço.

- O mar da Galiléia estava calmo e tranqüilo como uma profissão rentável, mas de repente se formou uma tempestade e tudo caminhava para a perdição.

- A embarcação tinha velas e remos; era uma embarcação firme e equilibrada como a saúde de um atleta, mas sem aviso prévio veio uma tempestade para destruir a embarcação.

- Um bom emprego pode não resistir a uma grande crise financeira, mas um homem que acredita em Deus, e tem em si o Espírito Santo enfrenta quantas crises financeiras que vierem sem perder o sono:



“Em paz também me deitarei e dormirei,
porque só tu, SENHOR,
me fazes habitar em segurança.”.
(Salmos 04:08).

- Uma saúde de atleta olímpico, pode ser afetada por um acidente durante a travessia, mas mesmo com a saúde debilitada, um homem de fé continua crendo na salvação da sua alma, e por isto dorme confortavelmente como uma criança.


PAZ INTERIOR:



"Deixo-vos a paz,
a minha paz vos dou;
não vo-la dou como o mundo a dá.
Não se turbe o vosso coração,
nem se atemorize.".
(João 14:27).

- Nossa paz interior independe do exterior, mas o exterior depende do nosso interior.

- Aprendi isto lendo (João 14:27).

- O mundo nos oferece o conforto de um mar tranqüilo, de uma embarcação segura, mas que ao menor sinal de crise, entramos em desespero.

- Jesus nos oferece a sua paz interior; aquela que é capaz de nos manter tranqüilos durante as crises da vida.

- A paz interior de Jesus, interferia no exterior.



- Veja que quando todos estavam desistindo da vida, Jesus se levanta e acalma a tempestade exterior, porque de dentro Dele vinha a paz do SENHOR.

- Assim nós também, se tivermos esta paz interior, quando os problemas se levantarem, ela agira no exterior também assim como agia através de Jesus.

- A força de Jesus vinha de dentro Dele.

- A nossa força vem de dentro de nós, porque nós somos o templo do Espírito:

“Nem dirão:
Ei-lo aqui, ou: Ei-lo ali;
porque eis que o reino de Deus está entre vós.”.
(Lucas 17:21).




- O reino de Deus está dentro de nós!

- O reino de Deus está dentro de nós, porque o Espírito do SENHOR habita dentro de nós.

- A solução do problema está dentro de nós.

- A paz que repreende as tempestades está dentro de nós.

- A chave do sucesso está dentro de cada um que anda com Jesus Cristo.

- Os discípulos de Jesus se desesperaram, porque ainda não entendiam que o mesmo poder que Jesus tinha Para se manter calmo e tranqüilo em meio às crises da vida, estava à disposição deles também.



- O poder de sorrir quando “os ventos” nos ordenam chorar, está dentro de cada um de nós amados.

- O poder de continuar remando quando vento diz pra desistir, está dentro do crente em Cristo Jesus.


CONCLUSÂO:



“Porque assim diz o Senhor DEUS,
o Santo de Israel:
Voltando e descansando sereis salvos;
no sossego e na confiança estaria a vossa força,
mas não quisestes.”.
(Isaías 30:15).

- Algumas pessoas não querem buscar no SENHOR a confiança e o descanso necessário para o espírito.

- A Palavra de Deus diz que mesmo em crise, o sossego e a confiança seriam a nossa força, mas muitos de nós preferimos a inquietação e instabilidade das coisas deste mundo.

- Oferecer conforto para o espírito é tão importante quanto oferecer para o corpo físico.

- Ofereça conforto para o seu espírito amado.



- Faça uma oração sincera diante do Deus Todo Poderoso e peça para Ele habitar dentro de você.

- Talvez você esteja passando por uma enorme crise, mas saiba que nada pode abalar a Rocha que existe dentro de você.


"A ÚNICA VERDADE QUE LIBERTA É A DE DEUS
AS OUTRAS APENAS MACHUCAM"

*

2 comentários:

  1. que Deus continui te usando para nos ter um pouquinho mais de fé ,obrigado por estas palavras.que Deus te abençoe .

    ResponderExcluir
  2. Te amo em Cristo meu irmao (a).
    Obrigado!

    ResponderExcluir